quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

NOVO LEMA E CARTAZ DA IELB PARA 2012



O enfoque da IELB (Igreja Evangélica Luterana do Brasil) para o ano de 2012 é “A igreja comunica a vida – fundamentando”, e tem como texto base o salmo 62.7 que diz: "O Senhor é a minha rocha poderosa e o meu abrigo". Este salmo por diversas vezes faz menção à rocha: “pedra que salva” (v.v. 2 e 6) e “rocha e abrigo” (v.7). A figura da rocha é muito usada na Bíblia e indica proteção e segurança. Ela nos remete aos campos ou construções de pedras que dão suporte e abrigo. Não se faz economia usando material de qualidade inferior para não correr o risco de cair. Assim também as igrejas juntamente com os seus lideres planejam suas ações tendo em vista construir bases teológicas e doutrinárias sólidas que deem estabilidade aos fiéis. Bons sermões, estudos e reflexões bem fundamentados são caminhos para a compreensão do evangelho de Jesus, a rocha firme (Mt 16.16,18; 1 Co 1.18-25). Pensando desta forma cabe à igreja através do seu ensino em todas as instâncias dar condições ao individuo de fundamentar suas atitudes a partir de uma correta compreensão das Sagradas Escrituras. Somente pelo ensino claro, correto, bem fundamentado, ele também será aplicado no cotidiano, pois o evangelho modifica vidas, dando-lhes um novo significado para viver (2 Co 5.17). Conforme as Sagradas Escrituras recomendam: seja “um bom perfume de Cristo” (2 Co 2.15) e seja “sal da terra e luz do mundo” (Mt 5.13,14). Só assim faz sentido ser cristão para o mundo. Para tanto se valerá exatamente do conteúdo adquirido a partir de sua união com Cristo. A igreja irá munir o individuo dos valores espirituais que o levará a viver com coerência a sua fé.
FONTE:
http://ielbbonito.blogspot.com/2011/11/novo-lema-e-cartaz-da-ielb-para-2012.html

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

NATAL CELC 2011













A CELC realizou seu Culto de Natal com uma Encenação do Grupo Teatra, dirigida pelo nosso irmão Glaydson, que fez uma adaptação da narrativa bíblica sobre o Nascimento de Jesus, intitulada: O Natal na Favela.

Material de Escola Bíblica da SBB




Crianças de Nova Santa Rosa, Uruçuí, PI, ouvem histórias Bíblicas com Material da Sociedade Bíblica do Brasil.

Formatura CMEI - LUTERANO





No dia 16 de Dezembro o CMEI - LUTERANO realizou mais uma formatura dos seus alunos, foi um momento inesquecível, onde participaram Amigos da Escola, Professores, Funcionários, Direção e os Pais.

Batizado em Floriano









No dia 11/2011, em Floriano foram batizados Gustavo e Isaque, com Água e em Nome do Deus Triúno, como nos orienta as Sagradas Escrituras.

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Dia da Bíblia




O Brasil celebra o Dia da Bíblia

Com o tema A Bíblia para o Jovem, a data será comemorada neste domingo, em todas as partes do País, por diversas igrejas cristãs, em eventos que mobilizarão milhares de brasileiros.


“A Bíblia para o Jovem” é o tema que vai orientar as celebrações do Dia da Bíblia de 2011, celebrado neste domingo, 11 de dezembro. Todas as igrejas brasileiras foram convidadas a participar da campanha proposta pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB). Baseada em Provérbios 3.6 - Lembre de Deus em tudo o que fizer, e ele lhe mostrará o caminho certo -, a iniciativa tem o objetivo de conectar a juventude com a Palavra de Deus e enfatizar a importância dos princípios bíblicos para a vida. “As igrejas e instituições cristãs responderam bem ao nosso apelo, organizando eventos que vão colocar a Bíblia no dia a dia dos jovens brasileiros, numa grande celebração em torno do Livro Sagrado”, adianta o secretário de Comunicação e Ação Social da SBB, Erní Seibert.

O Dia da Bíblia - Criado em 1549, na Grã-Bretanha pelo Bispo Cranmer, o Dia da Bíblia começou a ser celebrado no Brasil em 1850, quando chegaram da Europa e EUA os primeiros missionários evangélicos. Porém, a primeira manifestação pública aconteceu quando foi fundada a Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), em 1948. Graças ao trabalho de divulgação das Escrituras Sagradas, desempenhado pela SBB, as comemorações se intensificaram e diversificaram, passando a incluir a realização de cultos, carreatas, shows, maratonas de leitura bíblica, exposições bíblicas, construção de monumentos à Bíblia e ampla distribuição de Escrituras - formas que os cristãos encontraram de agradecer a Deus por esse alimento para a vida. O Dia da Bíblia é celebrado no segundo domingo de dezembro e durante toda a semana que o precede.



A SBB - A Sociedade Bíblica do Brasil é uma organização sem fins lucrativos, de natureza filantrópica, assistencial, educativa e cultural. Sua finalidade é traduzir, produzir e distribuir a Bíblia Sagrada, um verdadeiro manual para a vida, que promove o desenvolvimento espiritual, cultural e social do ser humano, provocando, assim, a transformação daquele que com ela entra em contato. Para cumprir a missão de distribuir, de forma relevante, a Bíblia a todas as pessoas desenvolve programas de assistência social em todo o País. Fundada em 1948, construiu sua trajetória com base na missão de "promover a difusão da Bíblia e sua mensagem como instrumento de transformação espiritual, de fortalecimento dos valores éticos e morais e de incentivo ao desenvolvimento humano, nos aspectos espiritual, educacional, cultural e social, em âmbito nacional”.



A SBB faz parte das Sociedades Bíblicas Unidas (SBU), uma aliança mundial fundada em 1946 com o objetivo de facilitar o processo de tradução, produção e distribuição das Escrituras Sagradas por meio de estratégias de cooperação mútua. As SBU congregam 146 Sociedades Bíblicas, atuantes em mais de 200 países e territórios. Essas entidades são orientadas pela missão de promover a maior distribuição possível de Bíblias, numa linguagem que as pessoas possam compreender e a um preço que possam pagar.

O Natal e o presente do Perdão



Para surpreender alguém é necessário fazer algo inesperado. As surpresas agradáveis deixam marcas profundas e inesquecíveis. Receber um presente sem ter merecido é algo que não se espera; quase impossível. Só não é impossível porque nós somos contemplados com um presente destes. Trata-se do perdão dos pecados. Deus, em Cristo Jesus, nos surpreende com o presente que não fizemos por merecer.

O amor de Deus pela humanidade é tão grande que chega a ser incompreensível. Mas ele é comprovado e doado no Salvador Jesus que veio ao mundo para nos salvar. Celebrar o Natal como resposta ao presente que recebemos de Deus é demonstração de fé e confiança. Neste sentido a comemoração do nascimento de Jesus (Natal) é apenas mais um dia vivido na misericórdia de Deus.

Os não cristãos jamais irão celebrar o Natal em espírito e verdade a menos que sejam convertidos pelo Espírito Santo. Dos cristãos não se espera outra coisa. Aliás, dos cristãos se espera que anunciem a Palavra de Deus que é usada para transformar mentes e corações. Nas Escrituras Sagradas está revelado o plano do Criador para a salvação eterna de todas as pessoas. O presente de Deus está pronto para ser entregue. Quem irá entregá-lo e para quem?

O trabalho da Igreja de Cristo no mundo é como ser um “Papai Noel” a entregar presentes. Não presentes que se estragam, mas que duram para sempre. Cada um nós que tem a verdadeira fé é convidado a entregar ou distribuir o presente de Deus. Quem pensa que não precisa deste presente é quem deve ser o alvo da nossa missão.

Presentear alguém com uma viagem, um eletrodoméstico ou um brinquedo é bom. Mas, quando este presente tem como propósito restabelecer uma amizade, por exemplo, não é recomendável. A reconstrução de bons relacionamentos inicia com o perdão. É isto que Deus faz conosco. É isto que Deus quer que nós façamos aos outros. “O amor é isto: não fomos nós que amamos a Deus, mas foi ele que nos amou e mandou o seu Filho para que, por meio dele, os nossos pecados fossem perdoados. Amigos, se foi assim que Deus nos amou, então nós devemos nos amar (perdoar) uns aos outros.” (1 João 4. 10-11). A prática do perdão mútuo muda a nossa vida para melhor. Portanto, é um ótimo presente.

Pastor Fernando E. Graffunder - fergraff@terra.com.br

Três Vendas – Pelotas, RS.