quarta-feira, 30 de junho de 2010

Culto de 106 anos da IELB - Culto em Passo Fundo, RS


O presidente da IELB, Rev. Egon Kopereck destacou a união e o dever de levar a alegria da salvação em Cristo para todos os povos, na pregação feita no Culto dos 106 Anos. “No próximo dia 24 de junho a nossa querida IELB, completa 106 anos de atividades como Sínodo no Brasil. Sínodo é uma palavra que vem do grego e quer dizer, um grupo de pessoas viajando juntos”, afirmou o presidente. Ele destacou que essa é a nossa realidade e que somos um grande grupo de pessoas viajando juntos, na mesma direção, com os mesmos ideais e querendo chegar ao mesmo destino final.

Kopereck lembrou também as origens da fundação da IELB no Rio Grande dos Sul. “A CEL São João, da Colônia São Pedro, Morro Redondo, RS, completou, em 1º de junho, 110 anos, desde a sua fundação. Foi daquele começo que a Igreja Luterana, então ligada ao Sínodo de Missouri, se espalhou pelo solo gaúcho e depois no Brasil inteiro”, contou. O presidente lembrou ainda que em 24 de junho, no município de São Pedro do Sul, já contando com a representação de dez comunidades, foi então, oficialmente, fundado o Sínodo da Igreja Evangélica Luterana do Brasil. “Um grão de mostarda, uma pequena semente, lançada no solo brasileiro”, disse. Kopereck citou os números da IELB. “Hoje somos em torno de 234 mil luteranos, atendidos por 606 pastores, atendendo 508 paróquias, 1.447 congregações, além de mais 660 pontos de pregação. “Temos ainda 245 pastores, servindo em capelanias, em ministérios especiais ou aguardando chamado”, completou.

O Rev. declarou que muitas são as bênçãos de Deus sobre a nossa IELB. “Com o salmista podemos dizer: “Grandes coisas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres.” Sl 126.3. Kopereck também aconselhou todos a falarem do amor de Deus e do maior presente que recebemos, que é a Salvação em Cristo. “Como diz na leitura Vão e falem....sejam as minhas testemunhas, o sal da terra, o bom perfume de Cristo nesse mundo...” . Kopereck encerrou desejando que permaneçamos fortes, unidos e fortalecidos na fé para levarmos a missão da IELB a todos.

Festa Junina CELC 2010


Os jovens trabalhando

Assando o espetinho de carne

Esperando começar o fester

O que vale é estar no traje da festa

O Grupo de Canto fazendo sua apresentação: "Asa Branca Luterana"

Tem mais: "Eu não troco minha Igreja..."

Hora da dança


Este é o Arraiá da CELC


Teve até casamento caipira, Heita nóis sô

Viagem ao Sul do Piauí


Passamos em Floriano visitar rapidamente o Estagiário Jonas e esposa Karen

Hora de pegar o ônibus em Uruçuí

O ônibus estava lotado e cheio de compras, caixas, @#$#$

Carona com fazendeiros, de Nova Santa Rosa

A Serra da Pratinha

A Serra da Palmeira do Piauí

O início da Serra


Escola Bíblica em Nova Santa Rosa, quase todas as crianças da Vila participaram, cerca de 30 crianças.

Este é um desafio grande de nossa Paróquia, mas que ao encontrar as pessoas e ouvirmos a Palavra de Deus compensam todos os esforços!!!!
Que o Bom Deus continue abençoando a todos!!

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Jantar do Dia dos Namorados 2010


Todo o ambiente estava preparado para recepcionar os casais de nossa Congregação e amigos

A Decoração, estava muito bonita, parabéns aos organizadores

E aí, quem, quando, aonde ...!@#$

Os casais participando das brincadeiras, ilustrações e aplicação ao Casamento

Luciano e Estela

Raimundo e Elzineide

Mateus e Neta

Samuel e Dilmária

João e Izabel

Armando e Dislene, Lucimar e Fátima

Elton e Silvana

João e Walmenia

A janta pronta na mesa.... HUM!!!!!!!!!!!!!!!!

Os casais à mesa se preparando para jantar.

Que os Casais sejam eternos namorados, seus corações estajam sempre abraçados, juntos, grudados, cheios de amor!!!

Dia do Pastor em Teresina, PI


As crianças da Congregação "Cristo" de Teresina fizeram sua homenagem ao Pastor.

Teve também uma mensagem, baseada nas letras da palavra "P A S T O R".

A Érica, com auxílio da Professora Ana Karine fez também sua homenagem.

A Professora Ana Karine fez uma mensagem pelos professores da Escola Bíblica e Congregação.

A Finalidade do Culto




Qual é a finalidade do culto? Quais as razões que nos levam a participar do culto? O que vamos buscar no culto?

Para responder isso vamos tomar o exemplo do tronco e do galho. O galho de uma planta, para se manter vivo e saudável, precisa do tronco e de suas raízes. Por si só o galho não pode criar seu próprio sustento, nem produzir frutos. A seiva que dá vida ao galho vem do tronco. Com nós também acontece assim. A seiva vivificadora que precisamos para nos manter espiritualmente vivos e saudáveis vem a nós através da Palavra e dos sacramentos, batismo e Santa Ceia.Eles são os meios da graça de Deus e são o centro do culto. Tanto a Palavra como os Sacramentos visam chamar o pecador ao arrependimento, mostrar o infinito amor de Deus e fortalecer no perdão e amor de Cristo. Participar do culto é aceitar a oferta do amor de Deus por nós.

Ao deixar de freqüentar o culto regularmente começamos a bloquear a seiva vivificadora que Jesus quer fazer fluir dentro de nós. Sem ela não podemos permanecer espiritualmente vivos e fortes. Além disso, quando não vamos ao culto estamos nos separando da acolhedora graça de Deus. Mas não se trata de uma simples participação como um dever cumprido. Trata-se de escutar a Palavra que é de Deus, de confessar a fé em conjunto, juntar-se aos demais irmãos em cântico, louvor, oração, oferta e aceitar o convite à mesa. Por estar firmado na Palavra e sacramentos, o culto é o lugar onde nos fortalecemos na fé e na comunhão. O culto é a manifestação mais visível do perdão de Deus. Culto é o lugar onde o pecador arrependido é acolhido no amor de Deus.

E o que dizer das pessoas, que alegam orar em casa e ler a Bíblia em casa e que por isso não precisam dos cultos? Quem pensa assim está perdendo. Podemos comparar isso à uma pessoa de uma família que não vem se sentar à mesa para fazer as refeições junto com a família. Por que não vem? O que há de errado com ela? Ela está perdendo e a sua saúde ficará debilitada. Ainda que ela esteja se alimentando “por fora”, está perdendo a comunhão da família à mesa.Da mesma forma, quem se ausenta dos cultos, ainda que esteja recebendo o alimento da Palavra “por fora”, está perdendo na comunhão do povo entre si e na comunhão com Deus.

O culto desde o princípio teve o sentido da comunhão. Culto é o momento e o lugar de encontro entre Deus e o seu povo. O objetivo básico do culto é centralizar a nossa vida espiritual em Deus e Deus em nós e nos unir como irmãos na fé. Esta união, no entanto, só é possível porque Deus se dá a nós através da sua Palavra e dos sacramentos.

O culto também não é um programa qualquer. Nele não vamos para adorar e depois voltar para casa como que aliviados de uma dever cumprido. Ele também não quer ser um centro de terapias ou um grupo de auto-ajuda, como se fosse próprio para curar todos os tipos de males. Também não deveríamos ir ao culto apenas para prestigiar o pregador como se o efeito da pregação fosse dele e não de Deus. É Deus quem reúne seu povo e age nele através dos meios da graça e não o ministro.

Por fim lembremos que a ordem de Cristo é “fazei isto em memória de mim”. Podemos então dizer que, acima de tudo, celebramos culto “para lembrar de Cristo” e de sua obra por nós, pois ele o estabeleceu ao instituir aquilo que é próprio do culto: pregação da palavra e administração dos sacramentos. Sempre que o culto estiver firmado em cima de sentimentos humanos, corre o perigo de tirar Cristo do seu lugar.

Pastor David Karnopp

Dia do Pastor



Pastor é aquele que zela, que procura o bem estar, que escuta, que quer bem.
Pastor é aquele que não mede esforços para ir atrás, apenas de uma ovelha do rebanho que tenha se perdido.
Pastor é aquele que muitas vezes se priva de prazeres comuns, em prol da ovelha. Que doa seu tempo, sua vida e até mesmo seu dinheiro.
Pastor é aquele que muitas vezes trás a marca da dor pela perda de um irmão querido e na face sobriedade que possa consolar aqueles dele esperam tirar forças.
Pastor é aquele que muitas vezes sufoca o gemido é amigo e pra muitos é pai!
O pastor procura ser o exemplo dos fiéis, procura ser justo e nunca ser instrumento de peso para a ovelha.
Nesse momento, vale lembrar as palavras do apóstolo Paulo: "Assim, pois, importa que os homens nos considerem como ministros de Cristo e despenseiros dos mistérios de Deus. Ora, além disso o que se requer dos despenseiros é que cada um deles seja encontrado fiel" (1Co 4.1,2).
Um grande abraço a todos os meus colegas PASTORES!

quinta-feira, 17 de junho de 2010

O Culto Agradável




Você já ouviu alguém reclamando que o culto estava chato?Talvez tenha ouvido outro dizendo que o culto não lhe acrescentou nada. Quem sabe você mesmo já tenha dito que os cultos deveriam ser mais alegres e vibrantes. Afinal, o que é um culto agradável e como ele deveria ser? A quem ele deve agradar, a Deus, aos seres humanos ou a ambos? Será que o que agrada aos humanos é o mesmo que agrada a Deus? O que determina um culto agradável?
Para responder estas perguntas, é preciso primeiro fazer outra pergunta: O que é relevante, necessário e o mais importante no culto?
Na compreensão de muitos evangélicos, pentecostais e carismáticos o ponto alto do culto é o louvor. Além disso, em tais cultos há um forte apelo nos dízimos e grande ênfase nas curas. Isso mostra um culto altamente centralizado nas ações humanas.
Os luteranos, porém, ensinam e confessam que o culto está centralizado na Palavra de Deus e nos sacramentos: Batismo e Santa Ceia. Eles são os meios pelos quais Deus nos mostra a grandeza do seu amor, nos chama ao arrependimento, nos acolhe, nos perdoa e salva. Através deles recebemos pela fé, de graça, tudo o que Cristo fez pela nossa salvação. O enfoque principal do culto, então, sempre estará no que Deus faz por nós e não no que nós fazemos para Deus. Assim, no culto, receber é mais importante do que dar; ouvir, mais importante do que falar e cantar. Pois o que Deus tem a nos dizer e dar, é infinitamente maior do que aquilo que ele recebe de nós.
O que se pode dizer então sobre os hinos que cantamos, sobre as ofertas que levamos, não são importantes? Sempre serão importantes e Deus sempre quer o melhor de nós. Assim, em resposta ao grande amor de Deus, cantamos com alegria e “com tudo o que somos e temos”, trazemos o melhor das nossas ofertas. Mas o centro e a grandeza do culto não estão nisso. Ainda que a nossa parte no culto seja importante, o que Deus tem a nos dizer através da sua Palavra e dar através dos sacramentos, sempre é mais importante. O que nós fazemos é um resultado do amor e da graça de Deus. A nossa parte vem sempre como resposta ao que Deus diz e faz. Primeiro vem o que Deus faz por nós. Depois o que nós fazemos para Deus.
Por que então se diz que muitos cultos são frios, cansativos, pouco atraentes? Possivelmente por dois motivos.
Primeiro porque não estamos conseguindo anunciar o evangelho em toda sua grandeza, nem valorizando a Santa Ceia como deveríamos. O problema, então, pode estar no pastor quando não prepara seus sermões e o culto com profundidade. Pode também estar na congregação que pouco se envolve com o culto, apenas participa.
Segundo. Pela compreensão errada de culto. Talvez motivados pelas formas de cultos não luteranas, achamos que o culto, para ser agradável, precisa ter muita música, muito louvor, muitos instrumentos musicais e muita emoção. Enfim, tem que ser um culto-show. Mas em cultos assim, caímos no perigo de projetar a nossa ação acima da ação de Deus e tornamos a nossa atividade como sendo a parte principal do culto, onde queremos falar mais do que ouvir.
O culto que agrada a Deus sempre é determinado pelo que Deus revelou e faz através da sua Palavra e sacramentos.
Nada é mais agradável num culto do que ouvir que os pecados estão perdoados. E a melhor maneira de adorar a Deus é escutar as palavras de Jesus, guardá-las no coração e receber com alegria o corpo e sangue de Cristo.

Pastor David Karnopp

Culto dos 106 anos será no domingo




Passo Fundo receberá fiéis vindos de todo o Rio Grande do Sul e de outros estados para o Culto dos 106 anos da IELB. A celebração acontece no próximo domingo, dia 20/06, à partir das 9h, no campus da UPF. O presidente da IELB, Rev.Egon Kopereck será o pregador e os liturgistas serão os pastores do DISRIU. Dois grupos musicais abrem as comemorações, além do cantor Carlos Magrão. Durante o culto haverá apresentação teatral e um coral de 120 vozes. Também está prevista uma carreata pelo centro da cidade. A IELB atua em Passo e região desde 1910.

106 anos da IELB




Querida Igreja!

No domingo, dia 20/06, estaremos celebrando mais um aniversário da IELB, no culto que será realizado na cidade de Passo Fundo, no campus da UPF. Nossa querida IELB completa 106 anos de atividades como Sínodo no Brasil, no dia 24 de junho. Sínodo é uma palavra do grego “sínodos”, e quer dizer, segundo a Enciclopédia Histórico-Teológica da Igreja Cristã: “Um grupo de pessoas viajando juntos”. Esta é a nossa realidade. Um grande grupo de pessoas viajando juntas, na mesma direção, tendo os mesmos ideais, querendo chegar ao mesmo destino final.
De não menos importância é o fato de que, no dia 01/07, a Comunidade Evangélica Luterana “São João”, da Colônia São Pedro, Morro Redondo, RS, completa 110 anos de fundação. Foi daquele começo que a Igreja Luterana, então ligada ao Sínodo de Missouri, se espalhou pelo solo gaúcho e depois no Brasil inteiro. Em 24 de junho, no município de São Pedro do Sul, já contando com a representação de dez comunidades, foi oficialmente fundado o Sínodo da Igreja Evangélica Luterana do Brasil. Um “grão de mostarda”, uma pequena semente lançada no solo brasileiro. Hoje somos em torno de 234 mil luteranos, atendidos por 606 pastores, atendendo 508 paróquias, 1447 congregações, além de mais 660 pontos de pregação. Temos ainda 245 pastores, servindo em capelanias, em ministérios especiais ou aguardando chamado.
Muitas são as bênçãos de Deus sobre a nossa IELB. Com o salmista podemos dizer: “Grandes coisas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres.”(Sl 126.3). Olhando para o nosso país, para os desafios e as oportunidades devemos reconhecer com Neemias, no capítulo 4, do seu livro:“Grande e extensa é a obra” (v19), mas também nós haveremos de: “orar ao nosso Deus.” (v9), na certeza de que “o nosso Deus pelejará por nós.” (v20). Assim procedendo, certamente, poderemos também confessar com o salmista:“Em Deus faremos proezas.” (Sl 60.12)
Igreja Evangélica Luterana do Brasil, toda honra, glória e louvor ao nosso Deus, que por sua misericórdia e bondade nos trouxe até aqui. Que Ele abençoe sempre o trabalho de nossas fracas mãos, para que “Cristo possa continuar sendo levado, com alegria, fidelidade e amor para todos”.

Pastor Egon Kopereck
Presidente da IELB

quinta-feira, 10 de junho de 2010

A Presença de Jesus




Conta-se a história de um cristão que sofria de uma grave doença. Certo dia recebeu a visita de um pastor novato. O pastor sentou-se numa cadeira ao lado da cama e notou que no outro lado da cama havia uma cadeira vazia, que certamente tinha sido ocupada minutos antes.

Apontando para a cadeira vazia, o pastor disse: “Vejo que não sou o primeiro visitante nesta manhã.” O senhor doente comentou: “Aquela cadeira tem uma história interessante. Durante muitos anos achei impossível orar quando ia dormir. Muitas vezes adormecia sobre os joelhos porque estava cansado demais. Quando conseguia ficar acordado, não me concentrava. Certo dia falei com outro pastor a respeito do meu problema. Ele me disse que não devia preocupar-me em ajoelhar. Aconselhou-me a sentar sobre a cama e pôr a cadeira ao lado. Disse-me para imaginar que Jesus está sentado na cadeira e para falar com ele como faria com um amigo. Comecei a fazer isso. Desde então continuo fazendo assim. Agora o senhor sabe porque a cadeira está lá.”

Poucos dias após a visita, a filha daquele senhor doente correu à casa do pastor com a notícia do falecimento do seu pai. Ela contou: “Encontramos o papai morto na cama. Parecia dormir tranqüilamente. Mas uma coisa chamou a atenção: estava com sua mão estendida sobre a cadeira ao lado da cama!”

Não é dito que nós devemos ter o mesmo hábito da cadeira vazia. Porém, é muito importante para cada um de nós estar na presença de Jesus. Na vida e na morte seremos muito abençoados se tivermos aprendido a colocar nossa mão na mão de Jesus.

Coloquemos cada dia a nossa vida aos cuidados de Deus. Então poderemos dizer:
“Mesmo quando eu estiver andando no vale escuro da morte, não terei medo, porque tu (Deus) estás bem ao meu lado, protegendo, guiando o caminho todo.” (Sl 23.4).

Dia do Pastor





Nós te amamos e admiramos muito, pois tu estás presente nos momentos mais especiais e importantes de nossa vida cristã... no nosso Batismo, na nossa Confirmação, no nosso casamento, depois na vida cristã dos nossos filhos e netos, quando falece um ente querido. Tu estás lá a cada domingo, pregando a Palavra de Deus, nos trazendo mensagens de paz e consolo que nos animam para batalha diária. Cada um tem talentos especiais, alguns tocam os corações através da música, outros tem o dom da palavra, outros através de formas criativas e diferentes conseguem cativar e atrair a atenção. Sem falar naqueles que tem o dom da paciência, que sabem ouvir e aconselhar, e são donos de uma empatia marcante. Tem também os que sabem liderar os trabalhos de maneira que mudanças positivas ocorrem no trabalho da igreja. Mesmo tendo um destes talentos mais expressivo, ou todos citados, sempre há o que melhorar e o que aperfeiçoar.
Por outro lado, você é cristão, tão falho e pecador como nós. Tem seus momentos de dificuldade, pois convive com uma infinidade de situações difíceis, que como leigos não compreendemos. Cada pessoa tem suas fases de tristeza, elas fazem parte da vida, porém tudo passa. Então, não desanime, suba ao monte e ore, como Jesus fez (Lc 6. 12-13)! Deus te deu uma missão especial, e é Ele quem vai te dar força e coragem de continuar compartilhando as suas experiências de vida com Deus.
Além disso, querido Pastor, lembre-se que você também é ovelha, o teu Pastor é Jesus, Ele está contigo, te entende, te atende, acompanha, protege, guia, sustenta e abençoa teu trabalho, por amor a você, por amor à sua Igreja e para seu nome ser Louvado.

Dia do Pastor - 10 de Junho





Hoje é um dia especial. É um dia para recordar decisões, vitórias, para lembrar também das falhas e aperfeiçoar as qualidades, para renovar votos, para curtir o tempo que passou, para relembrar bons momentos, para sorrir ou chorar. Mas acima de tudo, hoje é o dia de saber que você foi escolhido por Deus.Toda a história da sua vida, todos os momentos, as oportunidades, em todas as noites difíceis e também nas mais tranqüilas, Deus esteve presente. Ele sabe quem é você. Conhece-te desde o ventre. Sempre teve um plano para você!



E Jesus morreu por você... Ele disse “Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida pelas suas ovelhas...”. Pastor, nunca esqueça que apesar de ser pastor, você também é ovelha. E o seu Pastor é alguém maravilhoso e benigno. O seu Pastor é tardio em irar-se e guiará você por veredas tranqüilas. Mesmo em meio do vale da sombra da morte, não tema. É só seguir o seu Pastor. ELE lhe livrará do laço do passarinheiro e sob suas asas você encontrará segurança.

ELE vai em busca de uma única ovelha porque ama a cada uma individualmente. Pastor, se um dia sentir-se só, uma ovelha desgarrada, fraquinha ou solitária em meio ao grande rebanho, lembre-se que ao lado do Bom Pastor, nada lhe faltará!



Parabéns pastor! Que a alegria deste chamado brilhe mais e mais em seu coração. E que outras ovelhas sintam a influência positiva de uma vida transformada. Não por esforços humanos, mas pelo seu grande amigo Jesus!

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Agradeça a Deus pela lata de lixo




Tudo o que não nos serve mais, jogamos na cesta de lixo. Em certo sentido, podemos dizer que o uso sábio da cesta de lixo é o segredo da vida bem sucedida.

A vida de muita gente está transbordando de entulho que devia ter sido jogado na cesta de lixo há muito tempo. Velhas preocupações, queixas bobas e ressentimentos que deviam ter sido enterrados, são freqüentemente mimados por nós e conservados como se tivéssemos medo de perdê-los.

Existe apenas um lugar onde deixar ressentimentos, velhas rixas e decepções do passado. Este lugar é a cesta de lixo! Não devemos permitir que as amarguras de ontem sujem o ar do dia de hoje e de amanhã.

Haveria grande diferença na vida de muitas famílias, na sala de aula, no campo de esportes se cada um de nós aprendesse a jogar fora no fim do dia pensamentos e sentimentos podres. “Se você ficar com raiva, não deixe que isto o faça pecar, e não fique com raiva o dia todo. Não dêem oportunidade ao diabo,” diz a palavra de Deus (Ef 4.26,27). Em vez de dar espaço ao diabo, devemos jogá-lo no canto que lhe pertence!

Noutro lugar a Bíblia diz: “Deixemos de lado tudo o que nos atrapalha, e o pecado que se agarra firmemente em nós, e corramos com coragem a carreira que está à nossa frente. Continuemos com os nossos olhos fixos em Jesus” (Hb 12.1,2). Não levemos conosco de um dia para outro velhos pecados, tentações, amarguras e preocupações. Com a ajuda de Deus, joguemos fora todos eles.

Feliz é a pessoa que aprendeu a abandonar e esquecer os pensamentos raivosos e os desejos maus que se amontoam no coração, para começar o novo dia aliviado pelo perdão de Cristo.

Paulo aprendeu a usar sabiamente a cesta de lixo, pois eles diz: “Esqueço as coisas que ficam para trás, e avanço para as que estão na minha frente. Corro direto para a meta” (Fp 3.13,14).

Esqueçamos aquelas coisas que Deus quer que esqueçamos e prossigamos em busca daquelas que ele nos oferece. Que Deus nos abençoe. Amém.

Culto Jovem


Parte da Juventude cantando no final do Culto...

A Congregação participando do Culto...

Os jovens cantando novamente...

Os Jovens falando sobre as Dez pontas da Estrela, símbolo da JELB.

A jovem Amanda fazendo a Mensagem do Culto.

A Jovem Ana Karine fazendo a Confissão e Absolvição dos Pecados.

Luciano na Bateria, dando mais Ritmo aos nossos hinos.

Contra-baixo, guitarra, vocal e teclado, os "Meninos da Banda" de Teresina, como é bom louvar ao Senhor!


O Jovem Fabricio, dando início ao Culto, com boas vindas a todos!!

Foi um Culto muito bonito, onde os jovens puderam servir ao Senhor também na Condução do Culto, eles que são também o ontem, hoje e amanhã de nossa Igreja.
Que o Deus Eterno, Criador, Salvador e Santificador abençõe aos jovens, para eles andarem sempre no Caminho do Senhor, onde há crescimento, comunhão, consolo, sabedoria, esperança,perdão e Salvação.
Obrigado Senhor por nossos jovens e nossa Juventude, JELC, JELB e todos os jovens cristãos do nosso Brasil!
Pastor Elton Rost