quinta-feira, 28 de abril de 2011

MENSAGEM PARA O DIA DAS MÃES



Autor: Reginaldo V. Jacob
Tema: Papel de mãe e papel de filho
Estimadas mães e estimados filhos!
Por hoje ser considerado o dia das mães, é oportuno refletirmos um pouco sobre este assunto que sempre será atual e importante.

Ser mãe é uma “atividade” que remonta a criação. A primeira mulher – Eva foi mãe. Não sabemos que tipo de mãe foi Eva. Mas se você fizer um passeio no tempo e analisar como era ser mãe há 20, 30, 40, 50 anos atrás, você, facilmente perceberá que houve uma transformação no, “ser mãe”, ao longo do tempo. Aqueles que já passaram dos 20 anos podem lembrar como eram suas mães e como agiam com os filhos.
Ser mãe não é apenas gerar o filho por nove meses, seu papel vai além. As mães têm alguns deveres para com seus filhos.
Então, vamos ver alguns deveres que a Bíblia destaca:
Consolar – A mãe deve ser fonte de consolo para seus filhos (Is 66.13). Todas a mamães aqui presentes, cumprem com este dever?
Ensinar – As mães devem ensinar seus filhos (Pv 31.1). Todas a mamães aqui presentes, cumprem com este dever?
Disciplinar – As mães devem disciplinar seus filhos, quer seja com vara, castigo, etc. (Zc 13.3) Que castigo duro! Todas a mamães aqui presentes, cumprem com este dever?
Qual destes três deveres estão sendo mais valorizados ou usados nos dias de hoje? Eu penso que muitos vão responder: “Consolar”. Muitas mães não dão valor e importância a nenhum destes três deveres ou papéis. Por que digo isso? Vejam: “Passar a mão” na cabeça do filho é consolar? Bater (disciplinar) e depois dizer: “Vem cá filhinho, mamãe bateu no neném, que peninha!” (usar voz apropriada!) Isso é consolar? Dar tudo o que filho quer, é consolar?
Mães! Isso não é consolar. Quando precisamos de consolo? Quando estamos tristes (não por pirraças), quando estamos desanimados, angustiados etc. Alguém, ou melhor, Deus te consola, Ele vem e faz tudo por você? Não! Ele te consola, com palavras, com gestos, te re-anima, te mostra o caminho certo para seguir. Mães! Consolar não é se "matar aos poucos", por causa dos seus filhos. Consolar é abraçar o filho, é dizer uma palavra positiva, animadora.

Vamos para o segundo dever! Quem se lembra? Ensinar!. As mães passam a maior parte do tempo com os filhos. Ela tem o dever e papel de ensinar os filhos. Ensinar o quê? É a pergunta. Ensinar amar, respeitar, trabalhar, valorizar, organizar, servir etc. Isso desde o primeiro minuto de vida e não na adolescência, apenas.

Onde encontrar tudo isso para passar para o filho? Nas novelas? Não. No sítio do Pica-pau-amarelo? Não. Ah! Já sei! Na super Nani? Também não! Então, onde? Na Bíblia Sagrada. Mães! Ensinem seus Filhos! Seja a Palavra de Deus o seu manual de instruções.

Em terceiro lugar destacamos o dever – Disciplinar. Agora chegamos num ponto complicado, divergente. Uns concordam, outros não. Mas isso não vem ao caso agora! Como vocês acham que as mães estão desempenhando este dever, ou papel? Também precisa ficar claro que; disciplinar não é barganhar. “Você só vai fazer isso, se fizer aquilo outro”. Barganhar, trocar, condição, não é disciplina. Se o filho tem que estudar, é uma regra e tem que ser cumprida e não negociada. Senão a criança não saberá o que é regra, o que é lei. Apenas saberá negociar, trocar. Conhecem pessoas adultas assim? Os filhos estão perdendo os valores, pois tudo que fazem, querem algo em troca. Isso é falta de correta disciplina.

Bom! Já falei dos deveres das mães. Agora vamos aos deveres dos filhos, senão as mães vão sair daqui carregadas demais.

Existem os deveres imperativos e proibitivos, os imperativos são: (são bíblicos)

1. Obediência (Gn 28.7) – Quanta desobediência vemos da parte dos filhos. Não ouvem mais os pais etc, etc. Desobediência sempre é fruto do mal ensino e da má disciplina.

2. Bendizê-la (Pv 30.11)

3. Honra-la (Êx 20.12)

4. Respeita-la (Lv 19.3)

Filhos! Vocês querem que suas mães tenham um feliz dia das mães? Então obedeçam, bendizem, honrem e respeitem suas mamães. Mães! Estou falando algo errado?

Quantos aos deveres proibitivos, temos:

1. Não podem feri-la – (Êx 21.15)

2. Rouba-la – (Pv 28-24)

3. Envergonhá-la – (Pv 29.15)

4. Desprezá-la – (Dt 27.16)

Mães! A má educação dos filhos reverte em sofrimentos próprios.

Filhos! Se vocês não obedecem, bendizem, honram, respeitam suas mães, com certeza vocês não obedecem, bendizem, honram e respeitam a Deus. E sabe quem é Deus? Deus é quem te deu uma mãe, é quem te sustenta, é quem te salva da morte e do pecado, é quem te deu e te dá uma família, para que, no futuro, você possa constituir a sua família.

“Ser mãe” e “ser filho” não tem segredo, não tem um manual. Precisa ter uma única coisa: Cristo. Amém.

0 comentários: